SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Balanço «muito positivo» da viagem de Bento XVI à França

Isto é o que afirma o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, segundo noticia a Zenit: "O porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi S.J., declarou nesta segunda-feira que o balanço da viagem papal à França foi «muito positivo» e que «alcançou seus objetivos».O Papa, afirmou o diretor da Sala de Informação da Santa Sé, «pôde dar sua mensagem com serenidade, tanto para a Igreja como para a sociedade». Esta viagem, explicou o porta-voz, que também é diretor da Rádio Vaticano, «se enquadra na série de viagens, a partir dos Estados Unidos e posteriormente da Austrália, em que notamos uma acolhida muito disponível, aberta, sem preconceitos». «Os ecos, muito positivos, que se notaram na França e em todas as partes, confirmam que a viagem alcançou plenamente seus objetivos», acrescentou, em um balanço feito nos microfones da emissora pontifícia. Com relação à questão da laicidade, que tantos debates prévios à visita havia ocupado na França e fora dela, o sacerdote explicou que, efetivamente, «foi um pouco o sinal sob o qual se abriu a visita, com o encontro no Eliseu». Neste sentido, Lombardi destacou o «clima de serenidade, construtivo, de capacidade de diálogo para colaborar, das distintas instituições – Estado e Igreja – e contribuir para o bem comum dos cidadãos». Por outro lado, destacou a grande participação dos fiéis, não só em Lourdes, mas também em Paris, tanto nas vésperas celebradas em Notre Dame como na missa celebrada na Esplanada dos Inválidos, «uma grande e atenta participação que mostrou que também na capital a Igreja está viva e é portadora de um testemunho de fé». Com relação às celebrações em Lourdes, o porta-voz da Santa Sé destacou os temas tratados pelo Papa, mas especialmente, como mais novo, «o tema do sorriso de Maria», que «acolhe e difunde a alegria e a serenidade também na vida dos que sofrem». «Parece-me que o tema do sorriso de Maria e da esperança foi o término quase natural desta viagem, que indica o grande tesouro que a Igreja tem de poder ajudar a encontrar o sentido da vida inclusive nas situações mais difíceis», acrescentou. Por último, Lombardi se referiu ao encontro do Papa com os bispos franceses, a quem «foi uma guia» sobre «os problemas da Igreja na sociedade francesa: a falta de vocações e de sacerdotes, os problemas da família, do diálogo ecumênico e inter-religioso, os problemas do diálogo com a sociedade». «Ele o fez com grande serenidade e com atitude construtiva, de modo que quem falava das dificuldades da Igreja francesa encontrou no Papa uma injeção de confiança, já que quando se volta às fontes da espiritualidade cristã, da fé, pode-se enfrentar as situações difíceis.» O Pe. Lombardi destacou também o discurso do Papa ao mundo da cultura, no Colégio dos Bernardinos, no qual, ao falar das raízes cristãs, deu a entender que «não é um discurso de slogan, mas um discurso de conteúdos ricos e precisos». «O Papa fez ver muito bem como, a partir da busca de Deus, a partir de uma vida religiosa, desenvolvem-se muitas dimensões da cultura, da literatura, da arte, da música, da interpretação dos textos, do trabalho prático, etc., dimensões absolutamente fundamentais de nossa cultura européia», concluiu".
Apesar de tudo, ainda se nota uma profunda aversão às coisas da Igreja, especialmente entre pessoas de mente marcadamente laicistas, como, por exemplo, em certos meios da mídia. Conforme inforamos antes, (veja nossa postagem
"As tramas da mídia para proteger o ateísmo") há grande aversão em certos meios de imprensa com a divulgação de notícias que sejam positivas para a Igreja. Na recente visita do Papa à França, notou-se nos grandes veículos nacionais e internações um constrangido e contrafeito silêncio sobre a viagem e os êxitos que o Pe. Lombardi falou muito oportunamente. Houve jornais que deram notícias de primeira página a respeito da campanha antitabagista, outros a respeito de bandidos e até mesmo sobre coisas as mais banais e corriqueiras, mas nada, nenhuma linha sequer, alguns nem mesmo uma notinha de canto de página, sobre a viagem do Papa à França. Exceção honrosa somente as nossas agências de notícias católicas, dentre elas a H2ONews, mas também pudera...
video
video
video

Nenhum comentário: