SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

sábado, 13 de junho de 2009

Espanha: espera-se uma multidão no Cerro de Los Angeles

Mosteiro de Paray-le-Monial

Espanha se prepara para renovar a consagração ao Sagrado Coração de Jesus, é o título de nossa postagem anterior sobre o tema (clique acima e veja).
Como disse um protestante que pensava em tornar-se católico: "estes simbolismos católicos estão sempre interconectados", quer dizer, são símbolos que nunca estão representados de uma forma isolados, sempre há algo de comum entre eles. É assim também a doutrina católica. É assim também toda a Igreja, cheia de simbolismos. Mas o Sagrado Coração de Jesus representa mais do que um símbolo, pois é uma devoção mística e de profundo signnficado para os católicos.
No próximo domingo, dia 21, a província de Madri (que inclui as dioceses de Madri, Getafe e Alcalá de Henares) convoca todos os espanhois à renovação da consagração da Espanha ao Sagrado Coração de Jesus, feita solenemente em 1919 no mesmo local.
Naquele ano, o ato támbém incluiu a inauguração do monumento ao Sagrado Coração de Jesus no Cerro de los Angeles, um monte que está situado mais ou menos no centro geográfico do país. Naquela ocasião, a cerimônia foi oficiada pelo núncio papal e contou com a aprovação do rei de Espanha, Alfonso XII, avô do atual monarca.
Uma tradição que vem do século XVII
A festa do Sagrado Coração de Jesus deverá ser comemorada oficialmente pela Igreja no dia 19 deste mês, uma sexta-feira, por cair na primeira sexta-feira após a semana de Corpus Christi. Tem sua origem nas aparições de Nosso Senhor Jesus Cristo à Santa Margarida Maria Alacoque, entre os anos de 1673 e 1675, na França, assim descrita pela Santa: "Estando certa vez na presença do Santíssimo Sacramento, apareceu-me Jesus, que descobrindo seu Divino Coração, me disse: Eis aqui este Coração, que tanto tem amado os homens, que não se poupou nada até esgotar-se e consumir-se para demonstrar seu amor, e em resposta não recebe da maior parte senão ingratidão, pelas irreverências e sacrilégios, pela frieza e desprezo com que me tratam neste Sacramento de Amor".
Na ocasião, Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu uma série de graças a quem se consagrasse a Seu Sagrado Coração e comungasse nas nove primeiras sexta-feiras de cada mês seguidas: teria paz na família, daria fervor aos tíbios, perfeição aos fervorosos, e, sobretudo, não morreria na desgraça nem sem haver recebido os sagramentos da Igreja. Da mesma forma, prometeu abençoar os lares que exibissem a imagem de Seu Coração.
Cerro de los Angeles, monumento histórico e local de mártires católicos
O local onde haverá a presente renovação da consagração é famoso por ter sido palco de mártires católicos da guerra civil espanhola de 1936: lá foram fuzilados pelos comunistas dezenas de católicos por causa de sua fé religiosa. Logo após, os milicianos comunistas, por ódio à fé católica, dinamitaram o monumento, permanecendo, porém, intactos partes importantes da imagem de Cristo. Perto do monte havia (e ainda há) um mosteiro carmelita, fundado por ordem de Santa Maravilha de Jesus. Os milicianos tentaram entrar no convento sem êxito. Após estas ocorrências, as monjas foram ao monumento e recolheram o que restou da imagem de Cristo, principalmente Seu peito (onde estava intacto Seu Coração), e o levaram como relíquia. Consta que apenas dois daqueles comunistas converteram-se arrependidos. E um deles foi tocado pela graça ao ver um católico gritar "viva Cristo Rei!" antes de ser fuzilado.
O monumento foi reconstruído na década de 60 do século passado. Para ele serão trazidos este ano algumas relíquias de Santa Margarida Maria de Alacoque (que percorrem diversos países). As comemorações deste ano começarão no próximo dia 15 e terminarão no dia 21. Veja a programação completa da renovação da consagração do Sagrado Coração de Jesus no site do Cerro de los Angeles.

Cerro de los Angeles

Nenhum comentário: