SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Reação e esclarecimento surte efeito na Bahia

Noticiamos nas duas postagens anteriores sobre o evento que as feministas "Católicas pelo Direito de Decidir" pretendiam fazer em Salvador. Vários católicos, inspirados pelo padre Adilton Lopes, mandaram mensagens às freiras da casa religiosa "Instituto das Medianeiras da Paz", especialmente à Irmã Gilvânia, informando sobre que tipo de gente elas estavam abrigando. O resultado não deu outro. Soubemos pelo blog pró-vida "Contra o Aborto" que as freiras resolveram suspender o evento, tendo a madre Gilvânia divulgado a seguinte mensagem de esclarecimento. Estão de parabéns: o padre Adilton por despertar reação tão salutar; os católicos baianos por corresponder às expectativas desta reação; e, por último, a Irmã Gilvânia por haver tomado uma atitude digna e fidalga de fidelidade aos princípios de nossa religiosidade católica. Segue o texto, onde consta o e.mail da Irmã Gilvânia para quem quiser lhe transmitir os sinceros parabéns:
INSTITUTO DAS MEDIANEIRAS DA PAZ - IMPAZRua Edgar Chastinet, nº. 01 Quadra I Jardim Santa Mônica – IAPI.CEP 40.342-100 Salvador – BA.Fone (071) 3386 3216 Fax (071) 3386 0168E-mail: ismep@ig.com.br Salvador, 06 de novembro de 2008.
Queridos Irmãos e Irmãs em Cristo Jesus. Graça e Paz em Jesus, o Mediador do Pai! Hoje pela manhã precisamente a poucos minutos atrás ficamos sabendo do tipo do grupo que irão fazer encontro no Centro de Formação Jesus Mediador.Por isso, somos convictas das raízes profundas da nossa Consagração e compromisso com os "eleitos de Deus" e enraizadas em Cristo Mediador que cortamos tal acontecimento contrário aos nossos princípios fundacionais e cristãos. Imediatamente, entramos em contato com a pessoa que solicitou o serviço e cancelamos dizendo o porquê não aceitamos este tipo de grupo. Quando vieram falavam que se tratava de um grupo que iam trabalhar com mulheres que foram violentadas e se denominaram cristãs.Somos uma congregação pobre, contudo os valores Evangélicos são os embasamento que temos para discernir criteriosamente e estarmos radicalmente a serviço da Vida. Toda a nossa missão nas várias localidades onde estamos expressamos com testemunho vivo da nossa presença e amor a Jesus Cristo no Carisma de mediar, construindo a paz, através do ser humano desde a sua concepção. Lamento ter acontecido isso, por falta de ter conhecimento do perfil desde grupo de Mulheres. Posso garantir que razão foi é a nossa razão.Quero expressar a cada um e a cada uma o nosso perdão pela repercussão dessa situação e asseguro que não irá acontecer o evento na nossa instalação física. Já solicitamos a retirada do nosso nome na programação deste fato diabólico. E que fomos enganadas por estas pessoas.Que Deus nos ajude e nos conduza a favor da vida em plenitude. Um abraço de paz pra você!Ir. Gilvania dos SantosSup. Geral

Nenhum comentário: