SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Como atrair multidões como esta? São os devotos de Maria...

Fé em Nossa Senhora levou cerca de um milhão de pessoas a percorrerem oito quilômetros em procissão

(Vemos acima uma vista aérea da "Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção", antigo forte onde ficava a ermida da Padroeira do Ceará, e onde hoje funciona um quartel militar).

O jornal "Diário do Nordeste", de Fortaleza, estampou a notícia abaixo:

Aproximadamente um milhão de pessoas, conforme a organização do evento, lotaram a Avenida Leste-Oeste, na tarde do último sábado, durante a VII Caminhada com Maria, organizada pela Arquidiocese de Fortaleza. Com o tema “Fidelidade de Cristo, fidelidade de Maria”, a multidão de fiéis refletiu sobre os mistérios do Rosário e cantou louvores durante todo o percurso, de oito quilômetros, compreendidos entre a Ponte do Rio Ceará, na Barra do Ceará, e a Catedral Metropolitana de Fortaleza, no Centro.

Ao meio-dia teve missa no Santuário de Nossa Senhora de Assunção, seguida de procissão até a Ponte do Rio Ceará, de onde o cortejo saiu, pontualmente, às 16 horas, culminando com a coroação da imagem da padroeira de Fortaleza, no pátio da Catedral.

Nessa edição da caminhada, a população contou com oito pontos de apoio, no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, Ponte do Rio Ceará e mais quatro na Avenida Leste-Oeste - na esquina com a Rua Francisco Calaça; no cruzamento com a Avenida Pasteur; esquina com a Rua Francisco Cordeiro; e cruzamento com a Rua Jacinto Matos, na altura da Praça Marcílio Dias - e na Praça da Sé. Em cada um desses pontos, trio elétrico com louvores animados e ainda a assistência de integrantes da Cruz Vermelha, para prestar primeiros socorros e banheiros químicos.

Momento importante de reflexão e veneração àquela que é considerada pelos católicos a mãe da Igreja, a Caminhada contou com a presença do arcebispo de Fortaleza dom José Antônio Aparecido Tosi, do bispo auxiliar dom José Luís, do bispo emérito dom Edmilson da Cruz e de mais de 100 padres e seminaristas. “Essa caminhada é uma manifestação de fé naquela que nos ensina como devemos proceder nessa vida, e que nos deu exemplo de dignidade e de compromisso”, disse o arcebispo.

Nos relatos daqueles que caminharam pelo longo percurso, muitos milagres e graças alcançadas. A dona-de-casa Virgínia Cavalcante levou o filho de dois anos, João Pedro, nos braços, durante todo o percurso. Ela pagava uma promessa feita a Nossa Senhora de Assunção. “Eu prometi que viria com ele, se melhorasse de saúde e graças a Deus, nunca mais ficou internado”, relatou. De acordo com a dona-de-casa, a criança nasceu com um problema cardíaco e desenvolveu asma, o que demandava muitas idas aos hospitais.

O auxiliar de serviços gerais Antônio Carlos Torres de Lima também estava na Caminhada agradecendo pelas bênçãos recebidas. Depois de começar a participar da Renovação Carismática, ele deixou de fumar e de beber: “Hoje, eu só vivo para minha família. Sou outra pessoa”. Ele levou os filhos, Alexsandra e João Vítor, para pedir a cura da esposa, que tem osteoporose e não pôde ir.

Nenhum comentário: