SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

sábado, 8 de agosto de 2009

Barco da morte, da "Women on Waves", continua a navegar sem destino

Uma organização abortista da Holanda, "Women on Waves" (mulheres sobre as ondas), construiu um barco para patrocinar o aborto em países onde o mesmo é proibido por lei. Dentro da embarcação foi instalada uma clínica com todos os equipamentos e drogas usados no aborto, além de uma cara equipe "médica" para o exercício do trabalho. Estes bandidos já foram expulsos de diversos países. A fim de não sofrer sanção jurídica onde vão exercer sua ação nefanda, o barco fica estacionado longe da costa a uma distância que impeça a ação legal do país "visitado". Para lá são levadas as miseráveis mulheres que pretendem praticar o aborto.
Parece que, agora, a ação criminosa destes elementos vai ficar estagnada por algum tempo. A dirigente da Women on Waves, Rebecca Gomperts (que participa também do Greenpeace), já se preparava para uma de suas viagens quando foi notificada de que a lei de seu país havia sido alterada: o congresso da Holanda havia modificado a lei que resguarda os direitos das embarcações que portam a bandeira daquele país - a partir desta data não mais serão protegidos pela legislação holandesa as embarcações que violem leis de outros países. Assim sendo, ficaram salvos da ação do barco abortista Brasil, Chile, Argentina e Nicarágua, para onde o mesmo pretendia viajar. Não se sabe quantas crianças foram salvas pela ação do parlamento holandês, embora sem o desejar explicitamente.

Nenhum comentário: