SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA E A NATUREZA
São José de Anchieta

sábado, 18 de abril de 2009

Apesar da execração da mídia, Arcebispo recebe prêmio por defesa da vida

Os representantes da organização "Vida Huma Internacional" concederam ao arcebispo brasileiro Dom José Cardoso Sobrinbo o prêmio "Cardeal von Galen" em reconhecimento pela sua heróica defesa da vida humana. A cerimômica teve lugar no anfiteatro Damas College, em Recife, no último dia 16 deste mês. No mês passado, como se sabe, aquele Prelado resolveu se manifestar corajosamentre contra o criminoso aborto cometido numa menor em Recife com a conivência das autoridades governamentais. Na ocasião, dom José manifestou a legislação canônica da Igreja que prevê a excomunhão a quem comete o aborto. Isso foi o suficiente para desencadear uma onda de vitupérios na mídia nacional e mundial, querendo mostrar o ilustre arcebispo como "radical", "conservador", incompreensível aos problemas humanos... Até mesmo o cardeal Fisichella, querendo falar em nome do Vaticano, censurou o pronunciamento do bispo brasileiro, atendo-se apenas ao aspecto da excomunhão da mãe da menor, quando na realidade Dom José falou mais de uma forma genérica sem nomear ninguém, mas ressaltando a legislação canônica católica, que continua inalterável e que declara excomungado quem comete aborto.
Na ocasião da concessão do aludido prêmio, o presidente da VHI, padre Thomas J. Euteneuer, declarou: "Com este prêmio, estamos afirmando a sólida postura do Arcebispo Sobrinho perante a doutrina da Igreja Católica em defesa de toda vida inocente".
A notícia da entrega deste prèmio repercutiu na imprensa brasileira, principalmente no jornal "Folha de São Paulo", o qual, é claro, não deixou de registrar sua fina ironia com o fato.

Nenhum comentário: